Criança na Palestina, Uma

    Sobre o livro: Este livro é a primeira coleção de cartoons de Naji Al-Ali. Pela primeira vez em forma de livro, "A Criança na Palestina" reúne o tr

    Ver mais
    Marca: Martins Fontes - selo Martins
    Referência: 9788561635732

    De R$ 36,30
    Por:
    R$ 29,04
    Economize  R$ 7,26
    Simulador de Frete
    - Calcular frete
    Não sei meu CEP

    Sobre o livro:

    Este livro é a primeira coleção de cartoons de Naji Al-Ali. Pela primeira vez em forma de livro, "A Criança na Palestina" reúne o trabalho de um dos maiores cartunistas do mundo árabe, venerado em toda a região por sua franqueza, honestidade e humanidade. O personagem principal de seus desenhos é Handala, um garoto palestino que vive em um campo de refugiados - assim como Naji Al-Ali quando criança. Através de sua criação mais célebre, o cartunista critica a brutalidade da ocupação israelense, a corrupção dos regimes da região e o sofrimento do povo palestino.

    Sobre o autor:

    Naji al-Ali (1936 - 1987) nasceu em al-Jalil (Galilea), Palestina, no vilarejo de al-Shajara. Quando veio a Nakba (catástrofe), em 1948, al-Ali tornou-se um refugiado, junto com a grande maioria dos palestinos, crescendo no campo de refugiados de Ain al-Hilweh, no sul do Líbano. Em 1961, o palestino Ghassan Kanafani, escritor e ativista político, percebeu a criatividade artística de al-Ali e publicou três de seus trabalhos na revista al-Hurriyya. Dois anos depois, al-Ali mudou-se para o Kuwait, onde desenhou para diversos jornais durante onze anos. Em 1969, sua criação mais famosa Handala, a criança testemunha, apareceu pela primeira vez.

    Através do olhar dessa criança refugiada com roupas remendadas e puídas, al-Ali criticou a brutalidade da ocupação israelense, a venalidade e a corrupção dos regimes da região, e enfatizou o sofrimento e a resistência do povo palestino. Fortemente independente e sem nenhum partido político, ele lutava para falar com e pelo povo árabe comum; a sátira penetrante de seus cartuns simbólicos e ásperos lhe rendeu uma grande reputação, muitos inimigos poderosos e o respeito de um público amplo, tanto na Palestina como em todo o mundo árabe.

    Em 1974, al-Ali voltou para o Líbano, onde testemunhou a guerra civil e a invasão israelense de 1982. Ao retornar ao Kuwait, assumiu um cargo no jornal diário al-Qabas. Constantemente atormentado e censurado pelas autoridades, foi finalmente expulso do país e se mudou para Londres, onde continuou trabalhando para a edição internacional do al-Qabas. Em 22 de julho de 1987, ele foi atingido por um tiro diante da redação do jornal, em Chelsea, e morreu cinco semanas depois. Recebeu o prêmio póstumo Golden Pen of Freedom da Federação Internacional de Editores de Jornais (FIEJ).

    Os cartuns de Naji al-Ali estão mais relevantes e populares do que nunca. Uma criança na Palestina reúne, pela primeira vez na forma de livro, o trabalho de um dos maiores cartunistas do mundo árabe, venerado em toda a região por sua franqueza, honestidade e humanidade.

    • Assunto: Quadrinhos e Humor
    • Autor: Al-Ali, Naji
    • Coleção: Catálogo Geral > HQ
    • Editora: Martins Fontes - selo Martins
    • Edição: 1
    • Encadernação: Brochura
    • ISBN 13: 9788561635732
    • ISBN: 9788561635732
    • Páginas: 132
    • Formato: 2,00 X 11,00 X 16,00

    Deixe seu comentário e sua avaliação







    - Máximo de 512 caracteres.

    Clique para Avaliar


    • Avaliação:
    Enviar
    Faça seu login e comente.

    Produtos Visitados